terça-feira, 17 de junho de 2014

SEM CRUZ NÃO HÁ PENTECOSTES


Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus. 1 Coríntios 1:18
Objetivo: conduzir ao arrependimento
Introdução: O poder de Deus começa na cruz de Cristo, pois o homem precisava morrer nos seus delitos e pecados para que pudesse ter a oportunidade de se reencontrar com o Deus todo poderoso.
Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. Isaías 59:2
Houve uma religação entre o céu e a terra. A restauração do shalom de Deus, ou seja, a paz completa que excede todo entendimento e guarda nossos corações e sentimentos foi restaurada no fato de que o sacrifício foi aceito e nossas dividas foram perdoadas.
Quando vocês estavam mortos em pecados e na incircuncisão da sua carne, Deus os vivificou juntamente com Cristo. Ele nos perdoou todas as transgressões, e cancelou a escrita de dívida, que consistia em ordenanças, e que nos era contrária. Ele a removeu, pregando-a na cruz, Colossenses 2:13-14
Então miramos a cruz não como um lugar de assassinato e derrota, mas como um lugar de vitória no sacrifício do Cordeiro de Deus, nosso Senhor JESUS CRISTO. Nossos pecados estão pregados e foram anulados naquela cruz, porém a pergunta é ... e agora?
Agora ... PODER!
Entraremos em um tempo de poder ministerial, emocional, familiar quando nos é revelado o poder da cruz. Arrependimento é o combustível que impulsiona a vida cristã para um novo patamar onde o Espírito de Deus nos conduz ao Rhema (Palavra Revelada e escrita nos nossos corações).
Pentecostes é o tempo de Deus escrever o Reino nos nossos corações e isso só acontece quando a cruz é revelada.
A cruz aponta para o que está no nosso coração, o arrependimento arranca o pecado, soberba, inveja, etc.. e o Espírito Santo é o Dedo de Deus que escreve uma história nova em nós.
O Espírito Santo é o Dedo de Deus
E deu a Moisés (quando acabou de falar com ele no monte Sinai) as duas tábuas do testemunho, tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus. Êxodo 31:18
Mas, se eu expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente a vós é chegado o reino de Deus. Lucas 11:20
Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus. Mateus 12:28
O Espirito Santo quer escrever todos os dias nas tabuas do nosso caração, por que?

Para sermos Santos
Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. Salmos 119:11
Para sermos Vivos em Deus
Filho meu, guarda as minhas palavras, e esconde dentro de ti os meus mandamentos. Guarda os meus mandamentos e vive; e a minha lei, como a menina dos teus olhos. Ata-os aos teus dedos, escreve-os na tábua do teu coração. Provérbios 7:1-3
Para sermos a Carta de Cristo
Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. 2 Coríntios 3:3

CONCLUSÃo: Nosso coração precisa ser o papel limpo para que o Espírito Santo possa escrever em nós. Essa é a hora de olharmos profundamente para nossos sentimento, intenções e atitudes olhando para a cruz de Cristo.
Não há falta de perdão, ódio, ingratidão, pecados escondidos? É a hora de arrependermos pois se não, Deus para de escrever. Diga para seu vizinho: - não deixe Deus parar de escrever em você!
A cruz está nos esperando. Existem muitos cristãos que horam em línguas e muito poucos que são cheios do Espírito Santo. Ser cheio é se permitir, todos os dias, ter um coração pronto para receber o DEDO DE DEUS ESCREVENDO milagre, vitórias, comandos, direções e mudanças necessárias.
Vamos viver o melhor de Deus hoje. Vamos olhar para a cruz!

Pr. Cassius Marcello

31.. 8515.1512

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Oração Insistente

E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer, Dizendo: Havia numa cidade um certo juiz, que nem a De...