domingo, 15 de maio de 2016

REFORMADOS NA IDENTIDADE DE FILHO


Jesus continuou: "Um homem tinha dois filhos. O mais novo disse ao seu pai: ‘Pai, quero a minha parte da herança’. Assim, ele repartiu sua propriedade entre eles. "Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante; e lá desperdiçou os seus bens vivendo irresponsavelmente. Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade. Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de porcos. Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada. "Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome! Lucas 15:11-17
Introdução: o capítulo 15 de Lucas é, para mim, um conjunto de 3 maneiras de se perder alguma coisa e como encontrar novamente. Ovelha se vai atrás, moeda perdida é necessário uma faxina na casa para acha-la, mas filho se espera na varanda.
Às vezes precisamos perder tudo o que tínhamos para dar valor a casa do Pai. Quem trabalha para Deus tem tudo o que precisa na sua vida. Fl 4.19
Existe um espirito de rebeldia e ingratidão que pode vitimar um filho que tem tudo e convencê-lo que não é o suficiente. Precisamos ser gratos sempre e saber que Deus tem o melhor para nós. Nunca podemos nos aliançar com o espirito da ingratidão contra o Pai. Aquele menino decidiu que ele não queria mais a paternidade discipulando a sua vida. Ele queria só o que o Pai podia dar e não o Pai. É trágico constatar que estamos vivendo tempos difíceis em que muitos, até os que se dizem cristãos, estão nesta cegueira do caráter mundano. Vamos começar analisando o comportamento do mundo em relação a Deus:

PAI, EU NÃO CONSIGO ESPERAR ATÉ O SENHOR MORRER E ENFIM TOMAR POSSE DA HERANÇA.

a.       O filho pródigo não consegue esperar o tempo de Deus para seu namoro, para seu prazer sexual no casamento, para sua promoção, para chegar no topo, então ele BUSCA ATALHOS.
b.       O filho pródigo inventa o que for necessário para “TER” o que o Pai tem.

TER MAIS Que SER

c.       Não é comum ouvirmos testemunhos que dizem: - eu não tinha agora tenho. Mas o sucesso financeiro não quer dizer que a pessoa está melhor em Deus! Esse menino desprezou o Pai para ter os bens.
d.       Quantos são os crentes que desprezam os princípios para prosperar?
e.       Mentem, roubam, enganam, quebram princípios e são desleais, isso é cegueira

PERDEU TUDO O Que TINHA

f.        Quem fundamenta sua vida no que tem precisa perder o que tem para entender que a presença do Pai é mais do que os bens materiais.
g.       É impossível servir a dois senhores. Mt 6.24

DESEJOU A COMIDA DOS PORCOS

h.       Um judeu cuidar de porcos era o fundo do poço. Pode haver coisa pior? Sim... se sentir como um porco. O diabo nos quer fazer filhos de natureza animal, nos assemelhando a bichos.
i.         Quantos homens que parecem bichos? Mulheres que se imaginam objetos sexuais e nada mais. NÃO SOMOS FILHOS DO DIABO, SOMOS FILHOS DE DEUS
j.        O menino desejou a comida de um porco porque o porco naquela fazenda valia mais do que ele. Servir o mundo é passar fome alimentando os porcos!

Mas ELE CAIU EM SI

k.       Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome! Lucas 15:17
l.         A reforma no nosso caráter começa quando caímos em nós mesmos. VOCÊ SABE QUEM VOCÊ É VERDADEIRAMENTE? Quem não conserva a paternidade espiritual se perde no mundo.
m.     Muitos estão perdidos porque ainda não caíram em si. Não fomos chamados pelo Eterno a cuidar de porcos, nem é a vontade dEle que tenhamos desejo pela lavagem que o mundo oferece, somos filhos de DEUS e temos um lugar à mesa do Rei!!!
Conclusão: Chega de desejar o que o Pai nunca desejou para nós:
1- Vamos aprender a esperar o tempo de Deus para ter o que queremos pois na casa do Pai eu não valho o que eu tenho e sim quem eu sou.
2- Vamos valorizar o Pai valorizando quem o Pai comissionou para tomar conta de nós, nossos líderes, nossos apóstolos e nossa família.
3- Vamos servir a Deus pois sabemos que servir o mundo é passar fome alimentando os porcos. Servir o mundo e se assemelhar com os porcos é muito simples e começa em não servir ao Pai.
Apelo.
O SEU PAI ESTÁ NA VARANDA ESPERANDO VOCÊ VOLTAR. VOLTA FILHO PARA CASA DO PAI .. CAIA EM SI.

Ap Cassius Marcello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A IMPORTÂNCIA DO NOME

A IMPORTANCIA DO NOME Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Je...